As Agulhas do Frey, na Patagônia: diversão garantida

Faça tempo bom ou ruim o Vale do Refúgio Frey, em Bariloche, sul da Argentina é garantia de diversão. Algumas vezes o lugar nos faz chorar de medo, chamar a mãe, tremer de frio, enlouquecer com o soprar do vento forte nas orelhas, mas quanto maior o desafio maior a satisfação no fim do dia.

Como Chegar: até Buenos Aires a melhor opção é avião, pois a diferença da passagem de ônibus não é muita. Mas tudo depende de quanto tempo você tem para viajar. Com bastante tempo se pode ir de ônibus, existem as empresas www.viabariloche.com.ar , os ônibus argentinos são muito confortáveis, os cochecama principalmente. De Buenos Aires fica bem mais barato seguir de ônibus, são mais 17 horas. De avião a passagem custa o dobro do valor pago pelo trecho São Paulo-Buenos Aires.

Em Bariloche a trilha tem início na Vila Catedral, onde funciona uma estação de esqui no inverno. Porém se for subir a cavalo existem outras opções de caminho, vai depender do seu arrieiro.

Época do Ano: no verão, janeiro e fevereiro o clima é mais favorável, mas também é a época onde falta lugar para acampar. Nestes meses é possível escalar, em dias bons, de camiseta e shorts, e também é possível acordar com o teto da barraca pesando sobre você carregado de neve, e fazer muito frio. Portanto, roupas para temperaturas de até -5 são aconselháveis, mas não se esqueça de levar uma camiseta, por se acaso.

Escaladas: as agulhas top of mind são a Agulha Frey, – que da nome ao Refúgio e até mesmo a localidade – , a Torre Principal, – a mais alta do vale -, e a agulha Campanille -, esta localizada no Vale vizinho, onde também se pode acampar. O local oferece vias com graduação para todos os níveis, sendo uma ótima opção para quem quer se aprofundar na técnica de escalada em móvel. O local tem um excelente guia produzido por Rolando Gariboti, conquistador de muitas vias no vale. Gariboti classifica as vias por estrelas, e realmente vale à pena optar pelas três estrelas, a satisfação é garantida.

As Agulhas do Frey e a laguna Toncek

Agulha El Cohete

Agulha Principal

Escaladores na via Normal da Agulha Principal no vale do Frey, Bariloche, Argentina.

Primeira cordada da via Objetivo Luna, na agulha Cohete. Frey, Bariloche, Argentina.

O Vale do Refúgio Emilio Frey.

Baixando da Agulha Cohete, Frey, Bariloche, Argentina.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *